As Fashionist

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Os melhores brechós do Rio de Janeiro

    Agora a moda são os brechós, Você acha várias coisas incríveis com preços muito mais baixos, e pode montar um estilo sauper diferente fugindo das tendências dos shoppings.





Catherine Labouré
Com decoração Art Nouveau, o espaço tem de looks clássicos a roupas e acessórios contemporâneos. Um casaqueto Burberry, por exemplo, sai por R$ 580. Já uma bolsa Gucci pode ser arrematada por R$ 380. Os óculos são as vedetes do ponto: um Ralph Lauren vintage é vendido por R$ 380. O brechó também comercializa móveis. Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h30, e sábado, das 10h às 16h.
R. Visconde de Pirajá, 207 lj. 212, Ipanema, Rio de Janeiro – RJ. 
Tel. 0/xx/21 2287-9630



















Eu Amo
Frequentado por pessoas das artes e pelas bem nascidas do Rio, o brechó só trabalha com peças que tenham sido criadas até a década de 1980. Apesar do foco não estar nas etiquetas, é possível garimpar um tailleur Yves Saint Laurent por R$ 550. Também vende masculino. Mais: o Eu Amo tem uma marca própria. Horário de funcionamento: de segunda-feira a sábado, das 14h às 20h.
R. Monte Alegre, 374 casa 1, Santa Teresa, Rio de Janeiro – RJ. 
Tel. 0/xx/21 2221-2855 ou 8872-6975.





















Desculpe, Eu Sou Chique
Em um sobrado de quase 400 m², funciona o brechó, que mantém o foco em roupas de época e sempre recebe figurinistas de TV e cinema. Assim como no Eu Amo, as labels não são as estrelas – mas, se você der sorte, é possível encontrar um paletó Kenzo dos anos 1980 nas araras por R$ 380 ou um casaco Courregès vindo direto dos anos 1960 por R$ 650. No espaço, ainda funciona uma multimarcas, um sebo e uma loja de mobiliário vintage. Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h, e sábado, das 10h às 17h.
R. Alice, 75, Laranjeiras, Rio de Janeiro – RJ. 
Tel. 0/xx/21 2225-6059

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se quiser deixar uma pergunta, não hesite, responderei no ato. Peço apenas para que deixe seu Email e seu nome.
Muito obrigada, Louise Mattos